13 de jun de 2009

Globalização x Prestação de Serviços


Inicialmente vamos discernir sobre Globalização e tê-lo como ponto de partida.


"Globalização tornou-se uma palavra que está em "moda", de um conceito muito amplo e abrangente, sendo empregada em diversas ocasiões, mas nem sempre com o mesmo significado. Poderíamos conceituar esse termo de forma básica como, o conjunto de transformações na ordem política e econômica mundial que vem acontecendo nas últimas décadas, onde o ponto central da mudança é a integração dos mercados numa "aldeia-global", explorada pelas grandes corporações internacionais.


Politicamente, os Estados trabalham gradativamente nas barreiras tarifárias para proteger sua produção da concorrência dos produtos estrangeiros e abrem-se ao comércio e ao capital internacional. Mas economicamente estamos vendo crescer de maneira destacada o neoliberalismo, que é uma política econômica que visa a saída parcial do Estado da economia, deixando o mercado livre, por isso é que se vê a grande onda das privatizações existentes hoje.


Esse processo tem sido acompanhado de uma intensa revolução nas tecnologias de informação: telefones, computadores e televisão, contribuindo de forma surpreendente para a maior integração de todo o mundo. As fontes de informação também se uniformizam devido ao alcance mundial e à crescente popularização dos canais de televisão por assinatura e da Internet. Isso faz com que aglobalização ultrapasse os limites da economia e política, e comecem a provocar uma certa homogeneização cultural entre os países. Temos como exemplo disso a forte influência da cultura americana em todo o mundo."


Sobre prestação de serviços pode-se descrever que é entendida como a realização de trabalho oferecido ou contratado por terceiros (comunidade ou empresa), incluindo assessorias, consultorias e cooperação interinstitucional. A prestação de serviços se caracteriza pela intangibilidade, inseparabilidade (produzido e utilizado ao mesmo tempo) e não resulta na posse de um bem.


Assim fazendo uma correlação sobre a globalização e a prestação de serviços, temos que com a queda de "barreiras" em nossa atualidade um aumento da concorrência o que por sua vez proporcionou em uma incessante busca pelo diferencial e pela busca da excelência na qualidade. Empresas cadas vez mais vem procurando se adequar aos padrões de qualidade que diante as exigências da demanda consumidora proporciona uma disputa mais acirrada no mercado em que está incidido. Desta forma cai por terra, aquele velho conceito em que se a figura do cliente não está satisfeita com determinado atendimento ou serviço prestado e mesmo assim é obrigada a aceitar diante a falta de concorrência, onde frequentemente ouvia-se, "não quer consumir aqui, tudo bem, é só um cliente a menos..."


Mas também faz parte de nossa realidade, empresários que ainda hoje não possuem esta visão e agem de forma obsoleta não demonstrando a satisfação em atender.

Nenhum comentário:

Postar um comentário